Contribua

Tecnologia no Combate a COVID-19

Infraestrutura de Supercomputação

Implantar e validar método rápido e de referência utilizando PCR para diagnóstico molecular do COVID-19

Realizar os ensaios a partir do método implantado e validado

Objetivo

O centro de competência em Inteligência Artificial do SENAI CIMATEC dispõe de um forte aliado na luta contra a COVID-19: são os supercomputadores, equipamentos de altíssimo desempenho utilizados para a solução de problemas complexos.

Segundo maior centro de supercomputação da América Latina, o CIMATEC realiza pesquisas relacionadas ao coronavírus, as quais são disponibilizadas mundialmente. Através desses modernos equipamentos, cientistas podem partilhar e contribuir com informações acerca do coronavírus. Uma rede mundial, que consegue conectar o que de mais atual está sendo feito em termos de soluções para a pandemia.

No centro de Inteligência Artificial, está sendo desenvolvida uma ferramenta de suporte ao diagnóstico de exames de imagem por Raio-X e Tomografia Computadorizada. Esses exames, além de possibilitar a identificação do coronavírus no corpo humano, são capazes de mapear com precisão se houve alguma área danificada pela doença e qual a amplitude disso no paciente.

Os supercomputadores do CIMATEC também atuam na análise de dados e cenários internacionais para uma projeção do que poderá vir a ocorrer em nível local como, por exemplo, numa cidade como Salvador. Essa ferramenta possibilita gestores de todo o Brasil a planejar com maior precisão a eficácia de suas ações no combate ao coronavírus.

“O centro de Inteligência Artificial e Supercomputação do CIMATEC está dedicando seus especialistas e poder de processamento no combate a COVID-19. Em um momento tão crítico, é importante unirmos forças para ajudar a nossa comunidade”, afirma Adhvan Furtado, gerente Executivo de Computação do CIMATEC.