Contribua

Túnel de Desinfecção

Objetivo

O Túnel de Desinfecção, desenvolvido pelo ISI em Sistemas Avançados de Saúde do SENAI CIMATEC, em parceria com INTS e o Governo do Estado, tem como objetivo oferecer mais segurança aos profissionais de saúde que trabalham na linha de frente de combate à Covid-19.
O equipamento é feito de alumínio e conta com tubulação de PVC que pulveriza um jato nas pessoas que atravessam o interior do túnel. Através de bicos aspersores, os jatos distribuem uma mistura de água com hipoclorito de sódio (composto químico encontrado na água sanitária) e atinge toda a superfície externa dos EPIs – Equipamentos de Proteção Individual dos profissionais de saúde que passam pelo equipamento. A solução de hipoclorito adotada baseou-se em diversos estudos internacionais que comprovam sua eficácia no combate à vírus e é recomendada pela OMS.
O túnel de desinfecção foi desenvolvido pelos pesquisadores da instituição, sob a supervisão do médico infectologista Prof. Dr. Roberto Badaró, pesquisador chefe do ISI em Sistemas Avançados de Saúde do SENAI CIMATEC.
O projeto busca oferecer maior segurança, com redução significativa da possibilidade de contaminação dos profissionais de saúde (um problema mundial), uma vez que pesquisas comprovaram que a contaminação ocorre, principalmente, ao retirarem as roupas protetoras e EPIs, quando saem das UTIs e enfermarias (normalmente cheias de vírus).
Esse túnel é um projeto experimental e oferece uma solução flexível, podendo utilizar outros produtos como água oxigenada, gás ozônio, água ozonizada, entre outros, podendo também ocorrer formulações combinadas, uma vez comprovada a eficácia e segurança para os usuários
Outra pesquisa em andamento é a possibilidade de combinar o túnel com outras tecnologias como, por exemplo, câmeras que medem a temperatura a distância. Essas soluções conjugadas contribuem não apenas para a descontaminação, mas também para a triagem e testagem da população.